Pages

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Contadora de Histórias...

Eve - "O que diabos nós dois estamos fazendo juntos afinal, hein?"

Roarke - "Compartilhando vidas que, de vez em quando, nos oferecem momentos muito interessantes. Minha querida Eve, eu não modificaria um só desses momentos."

Eve - "Nem eu."

Vingança Mortal - Nora Roberts


Há alguns anos uma escritora me foi apresentada. Uma amiga me disse que os livros desta escritora eram muito bons e me mandou um e-book. – “Dança da sedução” – Lembro-me que comecei a ler o tal livro meio-dia e terminei lá pras duas horas da madrugada. Nossa! Eu já não aguentava mais. Como foi horrível ler pelo computador! No outro dia, meus olhos ardiam e pareciam que tinham areia dentro, mas eu não consegui parar de ler o livro. A história simplesmente me “prendeu” do início ao fim.

Ansiosa por ler mais livros daquela escritora, corri para o site da Saraiva e comecei minha pesquisa. Eram tantos livros, que eu não sabia o que escolher, até que me decidi por um – “O Testamento” (Perfeito) – foram dias de ansiedade (tá! Foram apenas 5 dias para o livro chegar, mas parecia uma eternidade), até que ele chegou. Comecei a ler na noite daquele dia e quando vi, já eram 7h da manhã. Passei a madrugada lendo, mais uma vez encantada pela história daquela “maga das palavras”. E foi assim que começou a minha paixão e o meu vício pelos livros de Nora Roberts.

Fico me perguntando como ela consegue escrever tanto e a cada história publicada atrair mais e mais leitores, fazer com que esses se tornem fiéis e aguardem ansiosamente por mais um de seus romances.

Com uma linguagem simples, sem rebuscamento, mas dinâmica. Nora Roberts cativa o seu leitor, que passa a ter aquelas personagens como alguém íntimo seu, pessoas que passam a fazer parte das nossas vidas.

Quem ao ler um livro da Série Mortal (minha grande paixão) não acaba se apaixonando por Roarke? (Que homem é aquele, meu Deus? Com todo o respeito, tenente...) Quem ao ler a série não admira Eve por sua determinação e quer ser ela quando crescer? Ou ao ler a Trilogia da Magia não se encanta com o jeito atrapalhado, mas não menos apaixonante de MacAllister e o amor dele por Ripley?... Sem falar da paixão arrebatadora de Cam e Ana, em “Arrebatado pelo mar”. São tantos livros, tantas histórias que se eu fosse falar de todas que eu li, aqui, ficaria o dia inteiro.

Nora Roberts tem esse dom. Tem o poder de fazer com que nós falemos das suas histórias, sem nos cansar. Antes eu nem tinha muito com quem conversar sobre os livros dela, até que eu viciei a minha irmã e a gente ficava horas e horas ao telefone comentando sobre as aventuras de Eve Dallas.

Não nego que por um tempo, eu tentei me afastar da Nora, pois eu só lia os seus livros (tinha que conhecer outros autores(as)), porém, a tentativa não deu muito certo. É voltar a ler um livro de Nora que o vício retorna e parece que com mais força. Ainda mais que ultimamente ando “trocando muitas ideias” sobre ela. Tanto, que a partir dessas conversas me deu vontade de escrever aqui sobre a minha escritora favorita.

Não sei se posso compará-la e dizer que hoje ela é a Sherazade (As Mil e uma noites) contemporânea, mas pra mim, Nora Roberts é hoje a maior contadora de histórias, pois ela não apenas narra, mas também cativa e prende a nossa atenção. Por muitas vezes me sinto como o rei Xariar (quando acabo de ler um livro da série Mortal ou um de alguma Trilogia), curiosa para ler a continuação de certas histórias. Creio que essa seja a beleza da narrativa de Nora - nos deixar maravilhados.

2 comentários:

Juliana Vicente disse...

Emocionante!

Nunca pensei que encontraria alguém que como eu é apaixonada pela Nora. Tudo que você disse é exatamente o que sinto e fiquei arrepiada lendo suas palavras.

Nora Roberts foi um divisor de águas em relação a minha leitura e a partir dela entrei em um mundo novo e maravilhoso da leitura.

Assim como você eu leio tudo que sai da Nora e infelizmente já li tudo que saiu pela Bertrand que para mim é a que lança os melhores livros dela aqui no Brasil, Faço coleção dos livros de Livraria e claro de banca onde nossa rainha inicio sua carreira.

Foi um verdadeiro prazer ler suas palavras e achar alguém que assim como eu é apaixonada por um universo todo particular chamado "Nora Roberts".

Adorei o blog e vou seguir.

http://asmeninasqueleemlivros.blogspot.com/

Patota disse...

Obrigada pelas palavras, Juliana! xD

Eu já tinha visto o seu blog.Acho que encontrei o link em algum outro blog sobre livros e li alguns textos, inclusive a resenha sobre Sedução Mortal.
É muito bom quando encontramos pessoas com a mesma paixão pela leitura da gente, principalmente quando se trata da nossa autora preferida.
Tenho quase todos os livros da Bertrand. Tbém prefiro os desta editora do que os de outra. Mas infelizmente não estou atualizada em minhas leituras devido à correria do trabalho.

Espero ter a oportunidade de partilhar outras leituras com vc.

Bjim!