Pages

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O Segredo de Emma Corrigan



Desafio Literário: Maio/2010 - Livro reserva
Tema: Chick-Lit
Autor do Livro: Sophie kinsella
Editora: Record
Nº de páginas: 383


Aleluia!!! Desta vez foi diferente. Li um livro que não me decepcionou. Depois de duas tentativas frustradas (vide Opúsculo e Virgem por acaso), encontrei um livro que realmente me fez sorrir. Sorrir apenas, não. Me fez dar gargalhadas.

O segredo de Emma Corrigan” foi o segundo livro da Kinsella que li. (O primeiro foi “Lembra de mim?”) Escolhi e comprei o livro por indicação de uma amiga. (Tá vendo, Iarla? Não será dessa vez que irei te xingar, mas se “Marcada” for ruim, irei te “esculhambar” aqui. KKKKK) Brincadeiras a parte e voltando ao livro... “O segredo...” é muito divertido. Eu já estava meio que com o pé atrás com livros do gênero, mas a Kinsella me surpreendeu, pois na verdade, eu não esperava muito. Esperava algo parecido com “Lembra de mim?”. Porém, devo confessar que a Emma é muito mais engraçada que a Lexi e as suas tiradas são hilárias.

A história começa quando a “pobre” Emma, ao se ver “no caminho da luz” revela todos os seus segredos mais íntimos ao cara que está sentado ao seu lado no avião. Emma, no auge do seu desespero, sente que necessita colocar tudo pra fora. O que ela não imaginava era que o avião poderia não cair, e muito menos que o carinha pra quem ela praticamente “entregou toda a sua vida” era nada mais, nada menos que o seu chefe.

Já pensou? Você contar todos os seus segredos – e olha que Emma tinha MUITOS segredos – para o seu chefe?

Que sina a dela! Além de ter uma família “ausente”, em que a idolatrada é uma prima insuportável a quem é comparada e incentivada a seguir como exemplo, não ser muito bem sucedida no trabalho e uma colega que se sente a sua chefa, e outra de apartamento que é completamente maluca, Emma ainda passa pela desventura de ter se exposto tanto para Jack Haper, dono da empresa em que trabalha, mas que não conhecia.
Pensando que tudo poderia ruir, Emma tentou fugir de Jack o máximo que pôde, mas apesar do que ela poderia imaginar, na verdade, os seus segredos acabam inspirando-o. Emma o inspira e eles se envolvem à medida que vão se conhecendo. Quer dizer... Jack já conhece tudo sobre Emma, esta que não sabe nada sobre ele, pois o carinha é dado a ter seus segredos também.

Uma história deliciosa de se ler, com confusões, tiradas irônicas, leve e uma narrativa dinâmica, “O segredo...” me "prendeu" do início ao fim. Emma é um pouquinho de cada uma de nós. Quem não tem os seus segredos? Quem nunca mentiu pra agradar alguém? Quem nunca quebrou algo e fingiu que não soube de nada? Quem nunca mentiu o peso? Quem nunca disse que adorou um presente e simplesmente detestou? – Eita! Quase que me empolgo e conto alguns segredinhos meus.
Creio que por isso que Emma me cativou tanto, pois ela é muito parecida com qualquer uma de nós. Além de ser simpática, super bem-humorada e um pouquinho neurótica, dando à história um humor maior.

O segredo de Emma Corrigan” despertou em mim a vontade de ler mais livros da Kinsella. Não sei se gostarei dos outros, mas acho que vale a pena tentar. Pelo menos, desta vez, eu realmente me diverti com a leitura.

Agora é começar a leitura de "Doidas e Santas", da Martha Medeiros para o desafio do próximo mês.

3 comentários:

Luana Farias disse...

Já tinha ouvido falar desse livro e parece ser bom mas to sem tempo pra ler.

Ah que legal que vc esta lendo DV eu já li e simplismente amei!!

bjs

Vivi disse...

Esse livro está super bem cotado nesse desafio. Bom saber! Valeu a indicação.

Beijocas

Laura Schwartz disse...

Mais uma lendo e gostando, já está na lista!